Como gravar audio a ser reproduzido no computador

Olá! Nesta publicação vou explicar uma daquelas coisas que a indústria da música não quer que vocês saibam: como gravar áudio a ser reproduzido no vosso computador. 🙂
Há alguns anos atrás, nos tempos em que ainda usava o Micro$oft Windows XP, lembro-me que havia nas propriedades de som uma opção com o nome “stereo mix” que permitia que se gravasse o som que estivesse a ser enviado para a saída da placa de som. No entanto, pelo que li há uns tempos, essa opção, que era bastante útil, desapareceu dos controlos de som nas versões mais recentes do Micro$oft Windows.
Quando fiquei a saber disso, perguntei-me porque teriam removido uma opção que, por vezes, se revelava tão útil. Procurei no google sobre isso e pelo que parece a história é que as grandes corporações da indústria da música fizeram pressão junto dos fabricantes de placas de som, da Micro$oft e da Apple para que abolissem essa funcionalidade, tanto a nível de software como de hardware, de maneira que as pessoas não pudessem gravar as músicas que estivessem a ouvir. Se a história é verdadeira ou falsa, não sei… mas, sinceramente, não me surpreenderia e certamente é uma medida que se enquadra no espírito da SOPA, PIPA, ACTA, etc. : limitar a liberdade das pessoas para obter dinheiro a qualquer custo.
Contudo, usar um sistema operativo linux devolve-nos essa liberdade. Ainda melhor que ter essa liberdade de volta é poder fazê-lo de forma ainda melhor utilizando a aplicação audio-recorder 🙂
 
gravar audio a ser reproduzido no computador com o audio-recorder
 
A aplicação audio-recorder permite gravar qualquer som que esteja a ser reproduzido por um qualquer programa à escolha do utilizador, em vez da mistura final de saída da placa de som. Para instalá-la podem fazer o download do pacote apropriado para a versão do vosso Ubuntu e para a arquitectura do vosso computador aqui.

Depois de fazerem o download, abram um terminal, entrem na pasta onde guardaram o pacote e escrevam:
sudo dpkg -i audio-recorder*.deb
Para usá-lo é extremamente simples: abram o programa e nas opções de som escolham a origem do stream de áudio (Banshee, Rhythmbox, Spotify, etc.) e o formato do mesmo. Quando a música começar a tocar, o programa irá começar a gravar automaticamente 🙂 Quando o testei pela primeira vez, estava a ouvir música no Spotify e reparei que até cria uma pasta com o nome do artista e ainda guarda o ficheiro com o nome da música! 🙂 Contudo, não se esqueçam que apesar de poderem fazer download de música gratuitamente do Spotify desta maneira, isso não significa que o devam fazer! O Spotify é um serviço muito bom de música e, na minha opinião, até não é nada caro.
Têm havido alguns relatos de que em versões mais recentes do Ubuntu o programa grava ficheiros vazios. No caso de terem este problema basta instalarem o Pulse Audio Volume Control e abri-lo:
sudo apt-get install pavucontrol
pavucontrol
Depois vão ao separador “Configuração” e escolham a opção Analog Stereo Output. Depois disso, tudo deverá estar pronto para gravar.
É tudo por agora. Espero que vos seja útil e que não usem o programa para roubar música 🙂 Podem fazê-lo, mas isso não quer dizer que o devam fazer. É uma das coisas boas do linux: temos a escolha de fazer aquilo que achamos que é correcto! 🙂

Achou esta publicação útil? Deseja contribuir para outros projectos envolvendo ciências computacionais, electrónica, robótica ou mecatrónica que serão publicados neste blog? Se sim, pode fazer uma doação utilizando o botão do Paypal abaixo. Obrigado! 🙂
 

Donate



  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • LinkedIn
  • Reddit
  • Delicious
  • StumbleUpon
  • Digg
  • RSS
  • Email
  • Print